terça-feira, 20 de dezembro de 2011

o singular do plural


Tu partiste sem avisar, levaste tardes de longas conversas, abraços carinhosos e beijos sentidos, levaste tudo aquilo que na intensidade dos nossos momentos partilhámos e fizeste-o sem avisar, simplesmente abriste a porta e saíste tal e qual como um cobarde o faria. Seguiste a tua vida e fizeste com que seguisse a minha na incógnita do que te teria levado a partir, o teu silêncio tornou-se a tua maior arma. Sabes o quanto me custa aguentar o silencio, sabias o quando iria ser difícil viver longe de ti sem um motivo ou uma justificação e não te importaste. Ensinaste-me a viver contigo quando eu só sabia viver sozinha, fizeste-me tornar-te o principal quando todos os outros se tinham ficado pelo secundário, criaste a tal dependência que nunca antes tinha conhecido e agora foste assim, ignorando todas as mudanças porque me fizeste passar a cada palavra, todas as mudanças causadas pela união dos nossos corações. Diz-me, porque me ajustaste a ti, porque é que nos mudámos de forma a juntos atingirmos a perfeição se tinhas como intenção agora deixar tudo para trás? Lembraste quando, juntos, vimos a chuva de estrelas cadentes, quando fizemos todas as promessas até à altura ignoradas, quando fizemos os pedidos mais desejados um ao outro, quando simplesmente fomos sinceros, lembraste? Lembraste de me teres dito que era o meu nome que iria para sempre permanecer no teu coração? Agora, depois desta partida impensável, deste abandono sem justificação, desta desistência ridícula não sentes saudades, não te apetece voltar? Por vezes fazemos escolhas erradas mas tudo tem uma solução, a porta que antes fechaste também dá para abrir, as lágrimas também dão para secar, o amor de que desististe dá para reconquistares. Segue aquilo que me ensinaste a seguir, o teu coração pode não ser o mais forte mas é o que melhor cuida de ti.

21 comentários:

  1. simplesmente .. adorei . está perfeito . acho que deve ter sido o melhor texto teu que já li , gostei mesmo :)

    ResponderExcluir
  2. Oh muito obrigada por me seguires querida*
    Também te sigo , beijinho(:

    ResponderExcluir
  3. Obrigada por me seguires :)
    (desculpa a demora a responder!) Feliz Natal ♥
    Ps. Sigo-te!

    ResponderExcluir
  4. http://www.facebook.com/solida.como.a.terra

    A página mais falada pelas as meninas!
    The page most widely spoken by the girls!

    ResponderExcluir
  5. sim, tornei-me um pouco fria. talvez por isso que só vá acreditar em certas coisas quando encontrar o tal, se é que vou encontrar.

    ResponderExcluir
  6. acho que a frieza que me invadiu a alma fez-me criar barreiras, por um lado é bom.

    ResponderExcluir
  7. Gostei imenso do teu Blog +.+
    Sigo*

    Meu Blog: http://youfeelwhatifeeltoo.blogspot.com/

    PS: Bom Ano Novo (:

    ResponderExcluir
  8. Filipa Gonçalves, não consigo responder aos teus comentários, não sei bem porque :s de qualquer maneira, obrigado e também gostei muito do teu blog :)

    ResponderExcluir
  9. Ainda bem que gostas te da minha história $:
    Vou parar de escrever os capítulos, mas não te priocupes, não penso terminar a história assim (:
    Vais estando atenta ao meu Blog, não devo demorar mt tempo a criar ó capítulo -#7 do Príncipe de Copas (:

    ResponderExcluir
  10. adoro a maneira como escreves. sigo o blog *

    ResponderExcluir
  11. Olá, parabéns pelo seu blog.
    Te convido a conhecer o meu,
    http://carmasepalavras.blogspot.com/

    ;)

    ResponderExcluir