sábado, 3 de dezembro de 2011

simples banco


Passados anos voltei aquele banco, ao nosso banco, e arrepiei-me com a mesma intensidade da primeira vez que lá me sentei, o meu coração palpitava a uma velocidade estonteante que rapidamente se espalhou por todo o corpo. Foi estranho sentir isto sem a tua presença por perto e, juro, que antes de me sentar e procurar todas as marcas por nós deixadas, olhei para trás para ter a certeza que não me estavas a ver mostrar as minhas fraquezas. Sentei-me e procurei. Os nossos nomes ainda se encontram bem visíveis, ao contrario de nós, já sobreviveram a fortes ventos, a grandes chuvas, ao avançar do relógio e a todas as vezes que alguém se sentou sobre eles. As saudades aumentavam ao nível que as recordações se avivavam e voltei à ridícula parte de cruzar os dedos e pedir um desejo, pedi que voltasses, tem sido o desejo principal dos últimos tempos. Sei que muito mudou na tua vida, também aconteceu o mesmo na minha, mas infelizmente os meus sentimentos mantém-se mais firmes do que uma parede. Talvez, agora exista outro alguém que tenha a capacidade de ocupar na tua vida o lugar que, em tempos, eu já ocupei. Talvez seja possível encontrar noutro banco da cidade o teu nome escrito seguido de outro, não sei. O tempo tem a capacidade de resolver o que há para resolver e de fazer esquecer o que não tem resolução, não sei em quais das opções nos enquadramos a teu ver. Só sei que, enquanto o meu coração precisar do teu, eu vou continuar a visitar este banco na esperança de encontrar quem, à muito, aqui me esperava.

31 comentários:

  1. obrigada, mas o teu é bem melhor que o meu (:
    também sigo linda *

    ResponderExcluir
  2. o quê? tu escreves muito melhor que eu, acredita linda (a). obrigada também gosto muito do teu, faz-me sentir em casa (:

    ResponderExcluir
  3. eu não tenho química, estou no curso de letras mesmo para fugir às ciências. e obrigada, também sigo :)

    ResponderExcluir
  4. é verdade minha querida, muito obrigada <3
    Sigo também, adorei *

    ResponderExcluir
  5. tens toda a razão.
    obrigada, e sigo de volta (:
    btw, adorei o texto :'3

    ResponderExcluir
  6. muito muito obrigada, foi das coisas mais bonitas que me disseram em toda vida. muito obrigada* sigo também. a sério, muito obrigada :')

    ResponderExcluir
  7. ouve, que lindo o que me disseste. muito obrigada mesmo! sigo de volta (:

    ResponderExcluir
  8. obrigado pelo comentario mas à certas alturas que nos cansamos de ser sempre nos a procurar :n
    sigo (:

    ResponderExcluir
  9. ahaha, pois ! normal xd
    Tambem ja sigo*

    ResponderExcluir
  10. Olá seguidora, sou do blog : www.whateverittakesimgonnadoit.blogspo.com bem,decidi mudar de link , em motivos que no blog podes ver quais são. agradecia que continuasses a seguir o meu novo blog, que é o seguinte : http://whatever-justmakeitbetter.blogspot.com/obrigada (: - quando seguires, por favor avisa no chat ou em comentário.Obrigada novamente ! (:

    ResponderExcluir
  11. gostei muito do texto, que lindo *-*

    ResponderExcluir
  12. nunca te irei dar razão, tu escreves melhor, já disse c:
    tu mereces lindaaaa :b

    ResponderExcluir
  13. está lindo sigo-te.
    <3 eu fui aquela que ajudaste a pôr musica, lembraste?
    este é o meu novo blog, conto com a tua ajuda novamente, beijo

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pelo conteúdo do blog, abraço!

    ResponderExcluir
  15. Se magoa :c muito obrigado pelo apoio querida :s *

    ResponderExcluir