sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

IC


Admiro-te, admiro a forma como entregas o teu coração a outra pessoa, admiro a intensidade com que amas, a confiança que dás, a forma como vives cada momento. Fazes aquilo que muita gente hoje em dia já não é capaz de fazer, amas completamente, corres riscos e isso é muito bonito. Já desejei ser como tu, aceitar o amor que me dizem dar sem meter em causa a verdade ou falsidade dos sentimentos, secalhar hoje ainda o desejaria, se nunca te tivesse visto chegar ao ponto a que chegaste por nunca duvidares. Sabes, todos na vida passamos por dificuldades, não és só tu nem eu, somos todos, por isso ver alguém chorar, num mundo de falsidade, tornou-se uma coisa banal mas, ver alguém de quem gostamos cometer um erro que nós também já cometemos e sofrer por isso, acredita, que custa. O número de vezes que já choraste por esse amor é incalculável, as lágrimas que já escorreram pela tua cara por esse motivo são indetermináveis, tudo o que era visto como perfeito para qualquer adolescente se tornou exageradamente mau, ficaste dependente da única pessoa de que deverias querer distancia, no teu estado nem a dor é suficiente para te fazer virar as costas e seguir com a tua vida e isso preocupa-me. Sei que não é possível entrar dentro de ti e apagar tudo, sei que se te dessem essa hipótese, muito provavelmente, também não o farias mas era o melhor para ti e para os que gostam de ti. Não vou tocar mais neste tema, nem te vou obrigar a ouvir-me, sempre que precisares eu vou estar aqui para ti, é só isso que quero que saibas.
um conto é feito de palavras e o final de imaginação

13 comentários:

  1. Gostei do teu blog, sigo-te (:
    Se quiseres passa pelo meu...

    ResponderExcluir
  2. Poderás dizer qual é a tua musica de fundo ? É que gostei muito dela (:

    ResponderExcluir
  3. Bem, só tenho a dizer que este deve ser um dos melhores blogs que sigo. Eu adoro os teus textos, adoro a forma como pensas. Continua a escrever para nos dares esse enorme privilégio que é ler os textos assinados por ti. Adoro ♥

    ResponderExcluir
  4. Obrigada por tudo. Obrigada pelas nossas brigas, pelos sorrisos partilhados, pelas vezes que me tens apoiado. Sei que sempre me avisaste e realmente quem nos avisa são os nossos melhores amigos. Desculpa todas as vezes que me afastei sem justificações e todas as vezes que critiquei o que me dizias dizendo mais uma vez que não tinhas razão. No final de tudo, percebo que és a unica pessoa que me abriu os olhos e que eu teimosa nunca quis dar valor e preferia ignorar. Sabes que acima de tudo, também estou aqui para o que precisares. AMO-TE ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. por algum motivo dizem que é nos maus momentos que se vê quem são os verdadeiros amigos :) AMO-TE TONTA ♥

      Excluir
  5. Gosto muito do teu blog, sigo* :)

    ResponderExcluir
  6. amo o texto *----------*
    e adoro o teu blog, mesmo (:
    vou seguir-te ^^

    ResponderExcluir
  7. ...traigo
    sangre
    de
    la
    tarde
    herida
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    COMPARTIENDO ILUSION


    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...




    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE SIÉNTEME DE CRIADAS Y SEÑORAS, FLOR DE PASCUA ENEMIGOS PUBLICOS HÁLITO DESAYUNO CON DIAMANTES TIFÓN PULP FICTION, ESTALLIDO MAMMA MIA, TOQUE DE CANELA, STAR WARS,

    José
    Ramón...

    ResponderExcluir